Estimulação Mental

Atividades que envolvem estimulação mental, são uma mais valia e devem fazer parte do dia-a-dia dos nossos cães. Lido diariamente com clientes que por questões profissionais, são obrigados a deixar os seus cães muitas horas sozinhos em casa, sem supervisão. Temos que ter em consideração, que os cães são animais que tal como nós acumulam energias, neste sentido, é um “absurdo” exigirmos que estes passem 8 horas seguidas sem qualquer tipo de atividade. Eles também sentem aborrecimento, e se nós não lhes deixarmos com que se entreter, eles próprios arranjam formas de contornar a monotonia e ocupar esse tempo em que ficam sozinhos em casa. Sendo eles cães, as únicas formas de se exercitarem é usando a boca e as patas, tendo esta noção, devemos estar cientes que a boca vai ser usada para morder e mastigar, enquanto que as patas vão ser usadas para correr e escavar! A partir do momento que deixamos uma casa inteira ou um jardim, ao dispor do cão, estamos a dar-lhe acesso a um leque de oportunidades para se entreter, e por isso, é que os cães adquirem hábitos tais como: roer mobílias; investigar o caixote do lixo; escavar buracos na terra; pegar nas peças de roupa que se encontram no estendal.... entre outros. Será que eles estão errados ao fazer isso? Não! Os cães não sabem o que é certo ou errado. Os culpados nesta situação somos nós, por os termos deixado num cenário cheio de “tentações” e não termos pensado em alternativas bem mais interessantes e vantajosas para ambas as partes. 

            Hoje em dia temos muitas opções que podem tornar a solidão de um cão num momento “super” interessante e prazeroso. Podemos usar parte da alimentação diária dos nossos cães e colocá-la dentro de brinquedos de estimulação mental de forma a que o cão tenha que usar os seus meios para “decifrar o enigma” e conseguir chegar à comida que se encontra neles. Se os cães estiverem interessados nestes brinquedos, não vão estar minimamente interessados com as “tentações” acima mencionadas.

            As atividades de estimulação mental ajudam a prevenir o desenvolvimento de problemas comportamentais como destruição, obsessivos compulsivos, ansiedade por separação e até mesmo agressividade, permitem ainda manter o cérebro do seu companheiro exercitado, facilitando a aprendizagem de novos comportamentos e diminuindo a probabilidade do aparecimento de Disfunção Cognitiva Canina (“Alzheimer canino”) no cão sénior.

Alguns Brinquedos

- Kong’s

- Bolas de ração
- Cubos de ração
- Puzzles para cães

Outras opções

- Espalhar a ração na relva de forma a que o cão use o faro para a encontrar
- Esconder a ração pela casa ou em caixas
- Usar uma garrafa de plástico e colocar a ração dentro
- Gelados de ração (indicado para épocas de calor)
- Ossos recheados ou prensados

Segue um video com alguns exemplos de estimulação mental
https://www.youtube.com/watch?v=yJoowEGA4HE